Mood: Cinema Paradiso - Ennio Morricone


Não te cheguei a dizer...
mas quando sorris, és inteiro. De olhar soberbo e molhado.
E esse é só o menor dos teus crimes.
Desde então desarrumei a vida, à entrada da tua boca.
E é ali que tudo começa. Tudo, e o meu desassossego.
Esta história nunca eu te contei, mas começava assim...
Era uma vez, aquele momento exacto: o culminar da tua insinuação
e todos os meus princípios.
Toda a demora que antecede um beijo teu é para mim
a mais complexa das narrativas e o desfecho mais brutal.


Comentários

catchy disse…
Que maravilha.
Sandro disse…
Espero que isto seja muito.. que seja mais... que seja tudo!
Um beijo amiga... ADOREI ler-te de novo aqui.
n. disse…
palavras que ficam estas que escreveste...
Fernanda Villela disse…
Simplesmente lindo

Mensagens populares