Mood:Goldfrapp, oh la la la

imagem: álbum supernature de Goldfrapp


São sempre os olhos quem convida,
cortantes, entre luzes escarlate e não-luz,
rostos intermitentes,
tão proximamente ausentes
formigueiro eléctrico
correndo no corpo e no sangue.
E nos nossos olhares encostados, sem ombros
apetece uma certa maldade.
Porque me cheiras a vontade.
A música trepa, de adrenalina frenética.
Rasgas o som, rasgas caminho
na travessia dura, entre outros, direcção a nós.
Suores alienados, copos vazios, copos cheios
e as bocas que os bebem,
os olhares desejando-as e à carne que sobra.
Não finjas passo vagaroso.
Já me contorço,
protegida na música, bicho inquieto.
Atravessa-te, direcção a nós
Tenho todos os sorrisos de te ver
à tua espera, deste lado
junto aos lábios mordidos.
Vamos ser mauzinhos
só por um bocadinho
porque me cheiras a vontade.
E já sabia bem demais a maldade.
Assim que te tenha ao alcance da mão...
sabes que te consumo, como o olhar prometeu:
de sangue quente, sem coração.

[Amor... também agora em pedaços]



Comentários

Aiaiaiaiaia! Então isso é coisa que se faça? Misturar essa música, com essa fotografia, com essa forma de escrita?

Há coisas que quando misturadas todas tornam incomportáveis as sensações, tornam-se inebriantes como um carrossel de vertingens e um vórtice de alcalóides. Ou seja, sinestesia.

Obrigado.
Princesa* disse…
Que bom que é voltar a ler-te...

Beijo
legivel disse…
Confesso que fiquei a bater mal! Com a música, o barulho das luzes e a... promessa vampiresca.

Bjinhos.
polegar disse…
um voluptuosa delícia...
H. disse…
Goldfrapp... muito sexy sem dúvida ;º)

...

Uma passagem apressada… um olá, um outro pequeno adeus, um grande obrigada. Ando consumida pelo tempo e lutando contra amarras de sonhos que me prendem e me libertam. Ando assim, vivendo por aí, procurando a alma em todo o lado. Ando mais distante, eu sei. Mas em breve voltarei eu. Ou um outro eu. Todos os dias.
Só para dizer... Obrigado pelas visitas.
E não, NÃO ME VOU EMBORA! Apenas o nome e o endereço mudaram... Agora sou em: www.aquelelugarperdido.blogspot.com
Vão e voltem sempre. É também por vós que continuo.
Bjo *

Lost
Andreia disse…
adorei e...fez-me lembrar acontecimentos recentes da minha pessoa lol..
ai...o calor, o calor..perdido no olhar.
Quem se deixe levar pelas tuas palavras, num post como este, vai, sem dúvida, parar a uma local quente, húmido, sensual, de línguas a cruzarem-se, de corpos a fundirem-se...descreves a sexualidade de uma forma carnal e ao mesmo tempo doce.
Jorge disse…
como os iogurtes
Lana disse…
passei pa mandar besu :) numa visita de medico :P lol
Então mas não temos mais post's?

Bjs mixed by Rum!!!
I'll Go Away With You disse…
Estou a ressacar dos teus poemas.
Silvia disse…
é tudo fragmentado.
Penumbra disse…
Acabei de ver Goldfrapp (1ª parte de Coldplay)...:)
Confesso que gostei... mas...:)
Coldplay... Concerto magnifico!!!
Beijo grande
H. disse…
Voltei cá... Ainda ñ há post novo :|

Ehehm vi os Goldfrapp na abertura de Coldplay... Foi giro... E o «Oh la la» foi a melhor actuação deles (talvez a seguir ao «Strict Machine» q é a minha favorita...)

* * *
Sandro disse…
Então amiga?
que tal acabar essa preguiça e escrever algo novo?
Beijo bom..
Anónimo disse…
Excellent, love it! »

Mensagens populares