Mood: Maria João & Mário Laginha, asa branca

Ás vezes acho que te conheço como ninguém.
Sei desse aperto que te aperta às vezes
que derrete e me derrota logo ali também.
Percebo nas tuas mãos quando és mais triste

mais desanimado. Quando partes tão-só desancorado

Reconheço tua indignação ao baixares a cabeça tensa,
para logo de seguida franzires a testa daquele jeito
e cerrares os olhos, como quem pensa.
Carregas mil convicções que tua boca teima cerrar.
Silencias-me assim. E  resolvo não teimar.

Contigo o silêncio não tem por que se envergonhar.

E acho que nunca poderia viver sem ti.
sem os teus sorrisos desajeitados genuínos.
Sem essas luas, as mãos indignadas, só tuas.
Sem saber que existes perto dos meus dias.

Mesmo sem te guardar sem sequer te cativar
nas mãos frias.

Tenho-te sempre de
saudade imediata.
Ainda que de abraço a pele intacta.

Há um mundo de conforto entre tu e eu.
E não te chamo de 'meu'.
Contigo apropriei-me de tudo

passível de paixão.
A teu lado, calada, pela tua mão.
ninguém precisa pôr as mãos nos bolsos...


Comentários

Lana disse…
que outra reacção se pode ter senao sorrir ao ler este teu texto? :) ***
Richie disse…
Esta é das declarações de amor mais bonitas que alguma vez li! Lindo. Simplesmente lindo.
Que amigo.
Que amiga.
Que amizade.
Tão cheia de amor.
Perfeita!
Tão perfeita que mais um passo... poderia estragá-la.
Parabéns pela coragem!
Não sei se me fiz entender... :o)

Beijinho enorme, Joana.
mood disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
aninhas disse…
Arrepiante. É só o que consigo dizer, perante tamanha beleza.
Nobreza de sentimentos, e a tua escrita, sempre irresistível.
Também tenhu um amigo assim. Que me consegue desarmar sem uma palavra, que me faz estremecer por dentro com um esgar, que me faz percorrer mundos de fantasia, só com o toque da sua mão.
Como este, também não é um amor romântico. Nem sei se poderia ser.
Mas..uma pessoa que me completa em variadíssimos aspectos, faltando outros muito importantes para se manter uma relação amorosa.
Mas ter uma relação amorosa com essa pessoa, tão especial..estragaria, também, aquilo que mantém a nossa relação única.
Um beijinho, Joana, e continua a deslumbrar-me com os teus textos :)
H. disse…
o poema... o final... é lindo. como outras expressões tão plenas de paixão, do melhor que existe no termo paixão, que leio aqui, dão esperança, como os filmes, como aquilo a que queremos alcançar e por vezes duvidamos. gostei muito :)
ebola disse…
E assim se diz amizade... Bonita a tua homenagem.*
Ricardo Leal disse…
É assim que se resume a felicidade...
Sandro disse…
Lindo...
Quero que cantem a minha amizade assim também!
É bom ter alguém assim na nossa vida.
Um beijo princesa.
Olha eu a voltar aos poucos...
;-)
mood disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Ninagasol disse…
A amizade, quando assim sentida, pode ser um dos maiores e mais bonitos sentimentos de amor.
Bem haja por ainda existirem pessoas como tu.
(Obrigada pelas visitas e pelas tuas palavras.)
Bom f-d-semana. Beijo grande.
Anónimo disse…
Very nice site! » » »
Anónimo disse…
Very nice site! film editing schools

Mensagens populares